terça-feira, junho 19, 2007

Tem uma Amélia morando dentro de mim...

... eu até que sabia, mas não queria admitir.

Cada dia que passa mais sonho com nossa casinha na praia (casinha mesmo que não sonho com casa grande porque eu é que vou cuidar e também porque é o que poderemos ter), o terreno foi comprado quando nos casamos, antes mesmo de ter a nossa casa oficial já tínhamos nosso terreno na praia. Ainda bem que o Hommer e eu sonhamos sonhos parecidos.

Meu filho mais novo já está na faculdade e o terreninho da praia está lá a nos esperar e eu a sonhar com os dias de sol, lençóis no varal a dançar ao sabor do vento, decidir se subimos a serra hoje ou amanhã cedo, quem sabe na terça? Se meu cachorro aguentar até lá ele pode entrar no sonho, mas fico triste quando penso que ele já está aposentado e eu não (o cachorro), tomara que ele aguente.

O crochê era só um passatempo e hoje é uma atividade (sem fins lucrativos), mais para o Quadradinho Solidário do que para particularidades mas virou mesmo atividade, e sem volta. Ainda bem pois dá um prazer danado ver tanto quadradinho chegando, já temos três mantas prontas e mais uma a caminho para este ano.

Então, aos poucos descubro que tem uma Amélia morando em mim e a cada dia que passa ela se faz mais presente. Nunca fui de gostar de vida de dona de casa e cada vez mais as panelas são minhas companheiras e é um tal de bolinho, feijão, docinho e por aí vai.

Mas o que me surpreende é o prazer que tudo isso está me proporcionando. Será que estou mudando de fase?

Ai, ai, minha casinha que me espere, logo eu chego lá. Espero.
Postar um comentário